Vodacom promove inclusão digital em Gaza



No prosseguimento da sua iniciativa de investimento social para a educação digital em Moçambique, através do programa Faz Crescer, a Vodacom, em parceria com a Associação Machel Fidus, ofereceu, na passada quinta-feira, 10 de Março, um laboratório de informática devidamente apetrechado à Escola Secundária de Chinhacanine, no distrito de Guijá, província de Gaza. A oferta surge numa altura em que o Governo acaba de anunciar o arranque das aulas na disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), após um longo período de interrupção, por conta das medidas impostas devido à pandemia da Covid-19.

O laboratório de informática está equipado com 20 computadores e respectivos UPS, internet gratuita, um acervo de livros digitais acessível aos alunos e professores, bem como um sistema de climatização para melhor conservação dos equipamentos disponibilizados pela telefonia.

Para promover a inclusão digital, o actual currículo do Ensino Secundário Geral inclui a disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação, entretanto, em muitas escolas, não é leccionada, por falta de meios informáticos. É neste contexto que a Vodacom tem vindo a prestar apoio ao sector de educação, com vista a ajudar na promoção da inclusão e literacia digital, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem através das TIC.

Cristina de Azevedo, Chefe do Departamento de Investimento Social e Sustentabilidade da Vodacom disse na ocasião que, é objectivo da Vodacom apetrechar cada vez mais escolas secundárias do país com meios digitais de ensino. “Tomámos esta iniciativa, porque acreditamos que podemos contribuir para a promoção de uma sociedade digital, inclusiva e sustentável. A oferta de laboratórios de informática é uma das formas que a Vodacom encontra para fazer chegar a inclusão e a literacia digital a crianças e jovens moçambicanos e, naturalmente, também, às suas famílias e comunidades”, afirmou, para de seguida frisar que “A Vodacom aloca parte do seu orçamento para desenvolver esta iniciativa (Faz Crescer), como parte do seu propósito de ligar as pessoas, ligar o país, para podermos crescer todos juntos”.

A cerimónia de entrega foi testemunhada pela Governadora da província de Gaza, Margarida Mapandzene, que destacou a importância dos feitos da Vodacom na promoção da educação digital, o que, aliás, está em linha com as iniciativas do Governo, para uma educação de qualidade no país. “Esta iniciativa do parceiro Vodacom demonstra o engajamento e comprometimento que nós como Governo e vós como parceiros temos com a educação, através da qual constituímos uma sociedade que assegura a transmissão de experiências e conhecimento no domínio da ciência e técnica, para desenvolver Moçambique”. Além da Governadora de Gaza, testemunharam esta cerimónia o Director provincial de Educação de Gaza, o Secretário Permanente do Distrito de Guijá, entre outros quadros do governo provincial e da Vodacom.

Durante a entrega dos equipamentos, o sentimento no seio dos alunos era de total alegria e esperança, pois acreditam que, com esta oferta, está vencido o desafio de estudar sem os actuais instrumentos de investigação das matérias leccionadas.

Até ao momento, 46 estabelecimentos de ensino no país beneficiaram da iniciativa Vodacom Faz Crescer, onde foram apetrechados laboratórios de informática, com um ano de acesso gratuito à internet. Para além de promover a digitalização no ensino, o programa inclui a componente de sustentabilidade ambiental, no âmbito da qual as escolas recebem ecopontos para a separação do lixo.

O Faz Crescer representa o maior programa de investimento social da Vodacom e é uma iniciativa, dentre várias, que permite à empresa materializar o seu propósito de promover uma sociedade digital e inclusiva, assim como ligar as pessoas, para fazer crescer Moçambique. (Moz24h)

24 visualizações0 comentário