Transição da SAMIM para Força Multidimensional



Decorreu esta semana a Cimeira Extraordinária Virtual dos Chefes de Estado e de Governo da Troika do Órgão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) mais os Países Contribuintes com Efectivos (PCC) para a Missão da SADC em Moçambique (SAMIM) e a República de Moçambique, a seguir designada «Cimeira».


A Cimeira aprovou a transição da SAMIM, do Cenário 6 (Capacidade de Desdobramento Rápido) para o Cenário 5 (Força Multidimensional), com um mandato robusto.

A sessão de abertura da Cimeira foi oficialmente dirigida e presidida Pelo estadista Sul africano Matamela Cyril Ramaphosa, na sua qualidade de Presidente do Órgão de Cooperação nas Áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC e Presidente da República da África do Sul.


A Cimeira contou com a participação dos Chefes de Estado e de Governo da SADC ou seus representantes, o Hage G. Geingob, Presidente da República da Namíbia e próximo Presidente do Órgão de Cooperação nas Áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC, de Angola o Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, Félix Antoine Tshisekedi

Tshilombo Presidente da República Democrática do Congo: Sua Excelência Presidente, de Moçambique o Presidente Filipe Jacinto Nyusi, do Zimbabwe o Presidente Emmerson Dambudzo Mnangagwa, do Reino do Lesoto: S. Ex.ª o Primeiro Ministro, Moeketsi Majoro, Malawi representado pela Ministra dos Negócios S. Ex.ª Nancy Tembo, , República Unida da Tanzânia pela S. Ex.ª Stergomena L. Tax, Ministra da Defesa e Serviço Nacional, Zâmbia S. Ex.ª Mulambo Haimbe Ministro da Justiça e Ministro Interino da Defesa.


A também cimeira também contou ainda com a participação dos membros da Troika do Comité Ministerial do Órgão (CMO), dos Ministros dos Países Contribuintes com Efectivos (PCC) para a SAMIM, do Secretário Executivo da SADC e do Chefe da Missão da SADC em Moçambique (SAMIM).


A Cimeira notou os progressos alcançados pela SAMIM, tal como apresentados pelo Chefe da Missão da SADC em Moçambique (SAMIM) e felicitou a liderança da SAMIM, incluindo homens e mulheres no terreno pelo sacrifício e dedicação à luta contra actos terroristas em algumas zonas da Província de Cabo Delgado.


A também Cimeira felicitou os Países Contribuintes com Efectivos (PCC) para a SAMIM pelo seu apoio contínuo prestado e compromisso assumido em melhorar a eficácia das operações da SAMIM e exortou os Estados[1]Membros a continuar a apoiar a missão, manifestou o seu apreço à União Africana (UA) e aos Parceiros de Cooperação Internacional (ICP) pelo apoio à estabilização da situação de segurança, bem como à recuperação e desenvolvimento socioeconómico da Província de Cabo Delgado; solidariedade com a República do Botswana, República da África do Sul, Reino do Lesoto e República Unida da Tanzânia pela morte dos soldados ao serviço da Missão e expressou palavras de conforto para os feridos em acção.


As felicitações estenderam-se a República do Zimbabwe e a República do Malawi pelo espírito de solidariedade expresso através da entrega do donativo prometido de alimentos em apoio da ajuda humanitária à população afectada de Cabo Delgado, assim como orientou o Chefe de Missão para que, em colaboração com a República de Moçambique, coordene a implementação de um Plano abrangente de Reconstrução e Desenvolvimento Integrado de Cabo Delgado, o reconhecimento de agradecimento de Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique pelo apoio contínuo, colaboração e cooperação da SADC rumo à consecução de paz e segurança sustentáveis na Província de Cabo Delgado.


A Cimeira felicitou Sua Excelência Matamela Cyril Ramaphosa, Presidente do Órgão de Cooperação nas Áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC e Presidente da República da África do Sul, pela sua liderança na coordenação das actividades do Órgão em busca de paz,segurança e da estabilidade duradouras na região da SADC. (Moz24h)

54 visualizações0 comentário