Terroristas fizeram incursão em Macomia neste domingo


Os Terroristas que semeam luto e terror em Cabo Delgado protagonizaram um ataque, no domingo, numa zona do distrito de Macomia, denominada Quenhachimbuko, localizada entre as aldeias Ingoane e Marijilane, no posto administrativo de Mucojo distrito de Macomia, apurou o Moz24h de fontes no local. Presume-se que seja o mesmo grupo que há dias atacou Olumboa em Macomia e Matemo no distrito de Ibo.

Na incursão, os terroristas mataram um número desconhecido de pessoas. As vítimas são do sexo masculino e trata-se de indivíduos que estiveram na zona para actividades pesqueiras. Nos últimos dias devido a factores de sustentabilidade, algumas pessoas têm abandonado os locais de refúgio, por exemplo Macomia, para de forma clandestina fazer pesca em Mucojo e Quiterajo, contaram fontes na cidade de Pemba.

Fontes na ilha Matemo, que no dia 8 de janeiro foi atacado pelos terroristas, confirmaram que antes do grupo escalar aquela ilha, Seis pessoas da mesma família foram decapitadas na aldeias Olumboa, em Mucojo depois de terem sido surpreendidos a pescar.

As vítimas saíram de Matemo, onde tinham se refugiado e nos últimos tempos, com uma alegada calmia das incursões terroristas para prática da actividade pesqueira. Não é a primeira vez, vão a pesca depois de em outubro passado foram obrigados a abandonar a região devido aos intensos ataques.

No ataque a ilha Matemo, pelo menos três senhoras foram raptadas pelos insurgentes, que a sua saída roubaram barcos de pescadores locais.

Já a polícia da república de Moçambique, fala de ter repelido uma tentativa de ataque aquela ilha do distrito de Ibo. O comandante geral da polícia da república de Moçambique, Bernardino Rafael, esteve no dia dez em Matemo, para saudar o trabalho das FDS e da população na colaboração com as forças, onde também apelou a não ingresso de jovens locais ao grupo.

Por sua vez, o porta voz da PRM em Cabo Delgado, Ernesto Madungue, anunciou que foi capturado um jovem de 19 anos supostamente integrante do grupo terrorista. O jovem que nega as acusações é natural do distrito de Moma, província de Nampula. (Moz24h)

258 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI