Terrorismo em Cabo Delgado já matou cerca de 1100 pessoas


A guerra em curso em Cabo Delgado, a qual o Conselho Nacional de Defesa e Segurança (CNDS) admitiu ao final de dois anos ser movida pelo "Estado Islamico" terá produzido 1100 mortos até 25 de abril passado, de acordo com o ACLED (Projeto de Localização de Conflitos Armados e Dados de Eventos).

Segundo o ACLED das 1100 mortes, mais de 700 eram de civis.

Este ano, até 25 de abril, houve 101 incidentes e 285 mortes (das quais mais de 200 eram civis). O ACLED, com sede nos EUA, tem o número mais preciso de incidentes e corpos de acordo com o link aqui disponivel. https://bit.ly/CD-ACLED-Apr20. (Moz24h)

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI