SG da Renamo fala da relação MDM e Mariano Nyongo



Por Germano de Sousa

Numa entrevista cujo objectivo foi conhecer o perfil do Secretário Geral da RENAMO André Magibire ele mostrou-se preocupado com a "clara" ligação entre Daviz Simango e Mariano Nhongo.

O Secretário Geral da RENAMO, André Magibire, não tem dúvidas que o líder do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Daviz Simango, apoia o auto proclamado chefe da alegada junta militar da RENAMO que tem vindo a protagonizar ataques armados na região centro do país, o general Mariano Nhongo.  Falando à Moz24h, baseia a sua acusação pelo facto do líder do MDM ter considerado Nhonho de " revolucionário " numa recente entrevista ao semanário Savana.

Daviz afirma na tal entrevista "Mariano Nhongo é um revolucionário porque ele não concordou com um acto que nós os moçambicanos estamos a pagar hoje..." Para além desta citação o Secretário Geral da RENAMO ilucida o apoio do MDM à Nhongo, juntando ao facto de dois ex RENAMO e hoje membros do partido do galo, nomeadamente António Bauasse e Sandura Ambrósio se encontrarem neste momento presos pela sua ligação com os ataques que ocorrem no centro de Moçambique, precisamente nas províncias de Manica e Sofala.

"Nhongo já assumiu publicamente que ataca, mata e destrói é estranho que Simango o chame de revolucionário. Ao faze-lo é pelo menos um apoio moral", afirma Magibire acrescentando que " existe de facto uma ligação entre o MDM e Nhongo, a pergunta agora é saber o que as autoridades estão fazendo perante esta situação. "

O SG da RENAMO voltou a distanciar o seu partido das accoes da dita junta militar responsabilizando todos os ataques ao general Mariano Nhongo.

Em junho passado, explica Magibire, o general Nhongo afastou-se da RENAMO com falso argumento de descriminalização no processo de reorientação dos militares e alegado assassinatos de generais o que mais tarde veio provado que não era verdade.

"Nenhum militar da RENAMO foi desmobilizado  no contexto do DDR" afirma Magibire que também é o chefe da RENAMO na comissão dos assuntos militares no contexto do memorando assinado entre o Governo e a RENAMO para a paz definitiva. "O processo de diálogo  ainda não está encerrado", concluiu.

GOVERNAR É A META

A curto ou médio prazo a principal meta da RENAMO é governar o país.

" O povo está cansado, temos que procurar uma estratégia para contrapor as fraudes eleitorais da FRELIMO e podermos governar o país, de contrário teremos traido o próprio povo," revelou-nos o SG da RENAMO.

Segundo esplana, as consequências das dívidas ocultas, os ciclones e os conflitos armados que se registam no país, fazem com que o povo esteja a passar mal, " o almejado bem estar torna-se uma miragem para a maioria dos moçambicanos ".

QUEM É MAGIBIRE


Nascido à 10 de Novembro de 1968 no distrito de Buzi, em Sofala, André Magibire fez a sua instrução  básica  toda ela em Sofala e ainda jovem quando em Roma se discutiam ainda os protocolos que levariam a paz à Moçambique, Magire entra para a RENAMO e a partir da Serra de Gorongosa na então "Voz da RENAMO" com o nome de Lewis Correia torna-se locutor em língua Ndau onde a principal tarefa era traduzir e difundir matérias em torno do processo negocial.

Imediatamente ganha a confiança do líder Afonso Dhlakama que o indica como seu secretário particular.

Em 1992 entra para a frente diplomática tendo tendo escalando países europeus como a Itália, Bélgica, Finlândia Dinamarca e outros.

Em 1993 a 1998 foi representante da RENAMO no Quênia. Em 2013 foi mandatário da candidatura do líder Afonso Dhlakama .

Em Abril de 2019 foi indicado Secretário Geral da RENAMO o que foi confirmado no mesmo mês em Nampula pelo Conselho Nacional.

Licenciado no ensino Matemática e Física pela UP, André Magibire para além de SG da RENAMO é igualmente deputado da AR e o chefe da Comissão dos Assuntos militares pelo seu partido no diálogo entre o Governo e a RENAMO.

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI