Sequestrado Rajendra Dhirajlal da ‘Riplex’



Por Luis Nhachote


Foi sequestrado, ontem, o empresário Rajendra Dhirajlal, de origem indiana na Avenida de Moçambique, também chamada de Estrada Nacional número 1. O Moz24h soube que a Policia da República de Moçambique (PRM), no seu ramo de investigação criminal foi imediatamente acionada após o sequestro de Rajendra e esta no terreno para esclarecer o mais rápido este crime. Rajendra está ligado a fábrica de plásticos, Riplex e o terceiro cidadão a ser raptado este ano.


Quem põe termos aos sequestros?


Iniciados em meados de 2011, os sequestros tem como vitimas prerencialmente cidadãos de origem asiática, onde a circulação astronómica de valores é de deixar qualquer concorrente do ramo comercial boquiaberto. Consta que mais de 30 milhões de doláres americanos já foi desembolsado por familias a redes ligadas ao fenomeno para terem de volta ao recessos dos seus lares, parentes que dias a fio estiveram sobre cativeiro de cadastrados que voltaram ao activo a soldo de um comando que os transcende.


O Quebrar do codigó omertha


Foi o quebrar do código Omerta (quebra de silêncio), no seio de uma comunidade pujante na esfera empresarial, que ocultando informação a policia sobre o pagamento das ‘taxas’cobradas, foi evitando assim multas elevadas da Finanças sobre as fortunas que se escondem por debaixo de tectos.


Breve Cronologia dos raptos


26 de Julho de 2011

O cidadão Mohamed Kalú, um dos donos do Armazéns Atlântico, foi o primeiro a ser raptado. Escapou do cativeiro antes de ser pago o resgate que estava fixado em um milhão de doláres.


1 de Dezembro de 2011

O cidadão Yacub Satar, um dos irmãos proprietários da ferragem Somofer, foi raptado nas imediações do circuito de manuntenção António Repinga quando se exercitava naquele local.


28 de Janeiro de 2012

Uma cidadã indetificada apenas pelo nome de Soraya foi raptada.


30 de Janeiro de 2012

Os cidadãos Abdul Cadir e Gulzar Sattar, tio e sobrinho respectivamente, foram raptados no cemitério de Lhanguene, na zona mahometana, quando iam visitar a campa de um familiar. Foram libertados 11 dias depois, a 9 de Fevereiro após o pagamento de 2 milhões de doláres americanos, em Cash.


9 de Fevereiro de 2012

Foi raptada uma cidadã de 75 anos, parente de um dos proprietários do grupo AFRICOM, Sasseka e Delta Trading. Uma semana depois foi abandonada pelos raptores numa das avenidas da capital.


11 de Fevereiro de 2012

Tentativa de rapto do dono da Auto Hilux, Momade Rizwan


26 de Fevereiro

Rapto de um cidadão português, na praia do Bilene com alegadas ligações à empresários indianos


30 de Abril de 2012

Tentativa de rapto das cidadãs Farida Camurdine e Maria Nucha Amad


19 de Maio de 2012

Raptado o proprietário da Incopal e dos Armazens Machava, Mohamed Ibrahimo quando visitava o seu terreno na Matola. As autoridades recusaram-se a quantificar os valores pagos para o seu resgate.


27 de Julho de 2012

Raptado o empresário Bilal Wassim na Avenida Ho Chi Min, entre a Guerra Popular e Filipe Samuel Magaia. Os seus raptores exigiam 3 milhões de dólares para o seu resgata. Wassin esteve em cativeiro cerca de um mês


10 de Agosto

O dono do Tiger Center, Asslam Rassul, escapu de tentativa de sequestro por elementos vestidos a policia e entrada da sua casa, proximo a faculdade de Direito na Avenida Keneth Kaunda


23 de Agosto

Raptada Hina Faruk Ayoob, filha de Mohamad Faruk Ayoob de 17 anos e entornar do caldo na comunidade. De acordo com fontes policiais, exigia-se pelo resgate de Hina, cerca de 5 milhões de dólares americanos, mas ao final de cinco dias, ela foi libertada sem que se pagasse nenhum valor.

480 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI