Rosário Fernandes: um exemplo de protesto contra a ingerência política na administração pública


Um bom exemplo de idoneidade, ética, integridade e cometimento com a causa pública acaba de ser dado pelo presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE), o Dr. Rosário Fernandes, que, segundo o jornal Savana, colocou o lugar à disposição depois de ser publicamente enxovalhado pelo Presidente da República. Ainda que de forma indirecta, Filipe Nyusi “avisou”, durante a inauguração do novo edifício do Ministério da Economia e Finanças, instituição de tutela do INE, que quem não andasse em consonância com ditames de hierarquia seria “tirado como capim”.


As indirectas de Filipe Nyusi, Rosario Fernandes bateu com a porta em nome dos seus principios. A sua postura ao não coabitar com numeros do recenseamento eleitoral com dado questionáveis do STAE levou Rosario a apresentar o pedido de demissão.

O consórico Votar Moçambique que congrega organizações civil sociedade regozijam-se com a atitude de Rosário Fernandes que o considera de "servidor público íntegro e idoneo, ético". (Redacção)

74 visualizações0 comentário