Representantes reúnem-se para discutir o futuro das plataformas de dinheiro móvel em África














Representantes de 8 países africanos discutem políticas e estruturas para impulsionar a inovação, a tecnologia e o ecossistema de pagamentos móveis sustentável


Os principais representantes de mais de 8 países de África reuniram-se num workshop organizado pela Vodacom (www.Vodacom.co.tz) para analisar tendências e desenvolvimentos que moldam o setor do dinheiro móvel em África. A empresa líder em telecomunicações, Vodacom, também divulgou o seu relatório de Serviços Financeiros Móveis à Prova de Futuro no workshop. O relatório, o primeiro da série de políticas públicas da Vodacom, demonstra como o dinheiro móvel está a impulsionar o crescimento económico e a fortalecer vidas por meio da inclusão financeira.   A Diretora Executiva, Jurídica e Regulatória do Grupo Vodacom, Judith Obholzer, disse que a África Subsaariana, incluindo a Tanzânia, testemunhou um rápido crescimento nas operações e inovações em dinheiro móvel, permitindo uma ampla participação e acesso a serviços financeiros. A África Subsaariana abriga as 10 economias em todo o mundo onde adultos têm atualmente mais dinheiro em plataformas de dinheiro móvel do que numa instituição financeira. O Dinheiro Móvel continua a impulsionar o crescimento económico e os benefícios sociais, fornecendo acesso a serviços financeiros a milhões de pessoas que possuem um telemóvel, mas que não têm ou têm apenas acesso limitado a uma conta bancária.

“O nosso objetivo é fornecer uma plataforma para que os principais especialistas possam expressar as suas opiniões sobre tendências e desenvolvimentos que moldam o setor. O setor continua a evoluir a um ritmo acelerado, com os formuladores de políticas e reguladores a desempenharem um papel central na facilitação e viabilização do ambiente para a inclusão financeira”, afirmou Obholzer. 

Albert Cesari, representante do banco da Tanzânia, que é Assistente Administrativo de Supervisão e Política do Departamento de Sistemas Nacionais de Pagamentos, destacou o importante impacto que os Serviços Financeiros Móveis causaram na economia e o importante papel do workshop para garantir a sustentabilidade do setor dos serviços financeiros móveis.

“O governo está comprometido em garantir que os fornecedores financeiros móveis continuem a ser intervenientes efetivos no futuro e que sejam capazes de fornecer as inovações e investimentos necessários na dinâmica técnica e comercial do mercado de pagamentos financeiros”, explicou Cesari.

O M-Pesa tem sido o serviço de dinheiro móvel mais bem-sucedido em África. A pesquisa ilustra que o dinheiro móvel tem contribuído significativamente para o emancipação social, o crescimento económico e a redução da pobreza. Oferece às pessoas uma maneira segura e acessível de enviar e receber dinheiro, fazer pagamentos de contas, receber salários, obter um empréstimo a curto prazo, entre outros.

Durante o lançamento da nova pesquisa sobre dinheiro móvel, Hisham Hendi, diretor administrativo da Vodacom Tanzânia, disse que “o dinheiro móvel - suportado pelo amplo alcance móvel - provou ser uma plataforma para oportunidades económicas, transformando o cenário dos serviços financeiros, em particular no continente africano.” Hendi acrescentou: “Estou feliz por este relatório reunir contribuições dos principais especialistas que falam sobre estes três temas de uma forma mais abrangente. Estes especialistas são diversos nas suas visões e ambições, críticos e inspiradores.”

O evento reuniu representantes de operadoras de redes móveis e diversos setores, incluindo fornecedores de telecomunicações, serviços financeiros, bancos, OSC e reguladores que abordaram vários tópicos, incluindo: Serviços Financeiros Móveis à Prova de Futuro, Sistemas de Pagamento que Permitem Estruturas de Interoperabilidade, Integração Regional e Oportunidades Transfronteiriças, Como resolver o problema de identidade legal, Práticas Recomendadas de Partilha e a Oportunidade na Nuvem. (Redação)

20 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI