Renamo promete questionar os gastos estatais da Covid-19 e a nova Lei da Comunicação Social


O partido Renamo, principal partido da oposição moçambicana, promete questionar, na presente sessão da Assembleia da República, a forma como o Governo usa os fundos doados para responder à Covid-19.

Falando a jornalistas em Maputo, o deputado da Renamo Venâncio Mondlane, deixou claro que a Renamo duvida da transparência do Governo.

O Governo deve apresentar detalhes, por exemplo, sobre a forma como gastou “12 milhões de dólares na reabilitação de infraestruturas escolares ”, disse Mondlane.

Moçambique teve promessas de, pelo menos, 700 milhões de dólares de parceiros de cooperação para enfrentar a Covid-19, e receber grande parte do valor.

Mondlane disse tambem que, na sessão da Assembleia da República, que iniciou esta semana, a Renamo vai questionar a nova Lei da Comunicação Social, por ter o potencial de violar a liberdade dos jornalistas e “tendência para a criação de monopólios”. (VoA)

30 visualizações0 comentário