RENAMO contesta indicação do jornalista Gustavo Mavie para Comissão Central de Ética Pública


A Assembleia da República elegeu Membros para o Conselho Superior de Magistratura

Judicial e Administrativo, trata-se de três membros indicados pela Frelimo e

um indicado pela RENAMO.

Entretanto, para a Comissão Central de Ética Pública a aprovação dos candidatos Páscoa Julião, Themba Buque, Gustavo Mavie indicados pela Frelimo e Leogevildo Buanacassa pela RENAMO, teve que ser adiada devido a contestação da figura do jornalista Gustavo

Mavie por parte dos deputados da bancada da RENAMO. Para a RENAMO, a indicação do Gustavo Mavie para aquele órgão, é uma indicação clara de que a Frelimo promove pessoas corruptas que delapidam o erário público através da gestão danosa de empresas ou ins- tituições públicas. Segundo a Bancada da Perdiz na AR, Gustavo Mavie, tendo sido condenado por desvio de dinheiros na Agência de Informação de Moçambique- AIM, não é digno de fazer parte daquela comissão. Entretanto, a bancada parlamentar da Frelimo foi

categórica em defender que Gustavo Marie é digno de estar na lista, segundo a Frelimo, Mavie é um jornalista de renome, inteligente, bom gestor e íntegro.

A eleição destes candidatos para aquele órgão teve de ser adiada.

Refira-se que o jornalista Gustavo Mavie, um destacado membro do famigerado G40, foi condenado por desvio de fundos na AIM onde depois recorreu da sentença. Hoje pode ser que por força da maioria qualificada da Frelimo, Mavie seja eleito para gaúdio da imoralidade. (Moz24h)

159 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI