Ramaphosa diz que SADC não vai tolerar actos de terrorismo contra populações


O estadista sul-africano Cyril Ramaphosa disse que a região Austral de África não vai tolerar actos de terrorismo cometidos contra as populações de qualquer que seja o país,

Ramaphosa admitiu que os próximos meses não serão fáceis mas disse que a SADC vai continuar com o trabalho que iniciou em Cabo Delgado. Moçambique não andará sozinho nesta luta, segundo o dirigente que também dirige a troika do órgão de cooperação para as áreas de política, defesa e segurança. “ Apreciamos os sentimentos expressos pelo presidente moçambicano nesta cimeira, segundo o qual, a presença da força em estado de alerta trouxe esperança no seio da população de Moçambique, em particular dos distritos da província de Cabo delgado. Ao convidar a SADC para apoiar Moçambique neste momento, a região manifesta a sua solidariedade para com o país e a sua população, “ disse Ramaphosa. (RM)

21 visualizações0 comentário