Quebrada cadeia de infecção por coronavírus no acampamento da petrolífera Total


A infecção por coronavírus no acampamento da petrolífera francesa Total, localizado na península de Afungi, distrito de Palma, em Cabo Delgado, está controlada. A informação foi confirmada pelo Ministro da Saúde de Moçambique. Isto quando, um cidadão infectado pela covid-19 e em quarentena obrigatória, morreu ontem, em Cabo Delgado.

Está quebrada a cadeia de transmissão pelo novo coronavírus no acampamento da multinacional francesa TOTAL, onde oficialmente, foi confirmado, a 22 de Março, o primeiro caso da Covid19 em Moçambique.

A confirmação foi revelada pelo ministro da Saúde, Armindo Tiago ao país e na província de Cabo Delgado, com mais da metade dos casos de infecção, em Moçambique. 

Isto quando a petrolífera francesa Total reafirmou hoje que o ano de 2024 continua a ser a data de referência para o início da exploração de gás natural em Moçambique, apesar da suspensão de 7 semanas das actividades nas suas instalações em Cabo Delgado, no norte do país, após a descoberta de casos de coronavírus.

Declarações que surgem numa altura em que as autoridades sanitárias referem ter quebrado a cadeia de transmissão no acampamento da total, embora também continue a recomendar a prudência. 


Entretanto, um cidadão infectado pela covid-19 e em quarentena obrigatória, morreu hoje, em Cabo Delgado, anunciou o Ministério da Saúde de Moçambique.

Ainda assim assegura, num dia em, que o país registou mais um caso positivo, que esta morte não tem a ver com a pandemia.

Moçambique contabiliza assim um cumulativo de 146 casos positivos, 48 recuperados dois dos quais anunciados hoje e 1890 pessoas continuam em quarentena obrigatória. Ainda de acordo com informações oficiais, o país ainda não registou qualquer óbito relacionado com a covid-19.

Contudo, as autoridades de saúde estão preocupadas com o surgimento de novas cadeias de transmissão.

Assim, as autoridades apelam aos cidadãos a observarem as recomendações do governo para se evitar que o país entre para uma situação de calamidade de saúde pública. (RFI)

126 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI