Quantos Guarda-Fronteira valem “UM” Chang?




O Movimento Nova Democracia (ND), recém formado na capital e que tem à testa Salomão Muchanga, um irreverente e vetereno activista do associativismo, acaba de inciar com um serviço de informação destinado ao vasto público. No seu primeiro número, recordam que se passam 17 dias desde que a Policia da República de Moçambique (PRM) e o Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação “prometeram que a peritagem apuraria e explicaria à sociedade sobre as reais causas e os contornos do assassinato dos agentes de guarda-fronteira, jovens heróis, no chamado “Marco 13” da fronteira Moçambicana de Ponta Douro, província de Maputo, no exercício exímio das suas funções de patrulha”. A ND adianta que “aterroriza-nos que o Governo de Moçambique se tenha antecipado ao público a defender que a vida dos nossos irmãos não pode “criar mal estar nas relações bilaterais entre Moçambique e África do Sul”.


Para o Movimento, “Nós, cidadãos moçambicanos titulares de direito, queremos saber quantos guardas-fronteira valem um Chang? Questionamo-nos nós, depois de Mido Macie e das vítimas de xenofobia no território sul-africano, por um lado e, dos 2 guardasfronteira em nosso território, por outro, quantos mais jovens precisam morrer para que Mocambique deixe de ser a orquestra mais desafinada no concerto das nações, resultando num estado consequente que proteja e defenda os seus cidadãos? Alertamos que os moçambicanos saberão responder em Outubro aos acordos ocultos que favorecem a impunidade dos ladrões da pátria em troca da vida dos eternos excluídos e sacrificados. Saudações combativas, É a vez do Povo!” (Redacção)

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI