Projecto FFK promove ensino bilingue através da rádio e televisão


A propagação do SARS-CoV-2 em Moçambique e no mundo já ganhou contornos alarmantes afectando a milhares de pessoas e, consequentemente condicionando o funcionamento pleno de diversas áreas económicas e sociais. Á semelhança dos outros países, em Moçambique, por exemplo, no âmbito do reforço das medidas de prevenção do novo coronavirus, o sector da educação foi o primeiro a interromper as suas actividades.

Um comunicado à nação pelo do Presidente da República, anunciava o encerramento de todas as escolas públicas e privadas, do ensino pré-escolar ao ensino superior, com efeito a partir de 23 de Março último, deixando a milhares de crianças em casa e sem poder ter aulas.

Como forma a mitigar os efeitos da COVID-19, a ADPP através do seu projecto de Food For Knowelege (FFK), na sua componente de literacia e a Planet Aid, em coordenação com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINED), iniciaram um programa de transmissão de aulas do ensino bilingue através das rádios comunitárias e pela televisão.

Esta iniciativa é patrocinada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos da América (USDA) e vai abranger as disciplinas de Xichangana para os alunos da 1ª a 3ª classes e para os alunos da 3ª classe no ensino bilingue.

As rádio-aulas são transmitidas pelas rádios comunitárias dos distritos onde o projecto “Comida para o Saber” está a ser implementado, nomedamente os distritos de Manhiça, Magude, Matutíne e Momba, e pelo emissor provincial de Maputo da Rádio Moçabique. As aulas através da televisão são transmitidas pela Televisão de Moçambique (Delegação provincial de Maputo), cujos horários para ambas as plataformas obedecem a três horas ao dia.

As aulas de rádio e televisão são projectadas para a prática dos alunos, como forma de irem aperfeiçoando a fonética, o vocabulário, a fluência e a compreensão. Esses componentes são direccionados através de práticas guiadas, incluindo a leitura e escrita de histórias e outras actividades semi-estruturadas lideradas pelo professor que guia a transmissão de rádio ou televisão, e utilizam os materiais de aprendizagem que os alunos têm em casa. Além disso, as lições fornecem estratégias para incentivar os membros da família (alfabetizados ou não) a apoiar a aprendizagem dos alunos e a prática de alfabetização em casa.

Esta iniciativa conjunta visa engajar os alunos e os professores a promover a continuidade das suas actividades lectivas mesmo que as escolas permaneçam encerradas por razões que visam mitigar a propagação do novo coronaírus nos seio da comunidade estudantil, em particular, e da população moçambicana no geral. (Moz24h)

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI