Primeira-dama de Cabo Verde busca apoios para vitimas pós idai nos EUA


A primeira dama de Cabo Verde, Ligia Dias Fonseca, advogada, ativista esta a colectar apoios para as vitimas pós ciclone idai, no estado de Massashustes nos Estados Unidos da América. Nascida na beira a primeira dama cabo-verdiana é filha do proeminente e decano advogado Máximo Dias.

Quando o ciclone Idai devastou Moçambique em março, destruindo escolas, hospitais e rodovias, Fonseca e seu marido, o presidente Jorge Carlos Fonseca, sabiam que tinham que chegar ao país da África Oriental.

Fonseca conheceu o marido em Lisboa quando cursava Direito. Depois que eles se casaram, eles retornaram ao seu país natal, Cabo Verde.

"Muitas pessoas em Cabo Verde, sabendo que sou de Moçambique, me pediram para liderar o movimento para arrecadar fundos para as pessoas em Moçambique", disse ela durante uma entrevista no sábado em Westport, onde foi planejado um levantamento de fundos. “Não estamos fazendo isso pelo nosso país, mas por nossos irmãos e irmãs em outros países. Toda vez que Cabo Verde precisa de ajuda, recebe de outros países, de Portugal e dos Estados Unidos, de países de todo o mundo. ”

Agora é a vez de Cabo Verde retribuir. Como o sudeste de Massachusetts tem uma população cabo-verdiana tão grande, a comunidade local decidiu sediar um evento de arrecadação de fundos, em White's of Westport, para beneficiar o povo de Moçambique. A Fonseca juntaram-se à noite de sábado vários artistas e músicos cabo-verdianos, incluindo Candida Rose, Len Cabral e Maria De Barros. (Moz24h)

13 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI