Presidente do Município de Quelimane apresenta solidariedade pela tragédia no rio Elege em Namacurra



Testemunhamos com grande admiração e encorajamento o empenho do Governo nos níveis nacional (Ministério das Obras Públicas, Fundo de Estradas e Administração Nacional de Estradas), Provincial (Conselho Provincial e Secretaria de Estado) e Distrital (Nicoadala e Namacurra) e Municipal e o incansável trabalho de todas as equipas e autoridades de protecção civil mobilizadas para restabelecer a normal transitabilidade, e tomada de medidas para minimizar o drama provocado por esta tragédia com impactos económicos sérios para as provincias de Nampula e Zambézia, nas Regiões Norte e Centro, Moçambique no seu todo e quiçá para os Países do hinterland e não só.


Temos estado a acompanhar com profunda consternação e preocupação os trágicos efeitos da passagem da tempestade Gombe, que afectou severamente vários distritos nas provincias de Nampula e Zambézia. Na nossa provincia os distritos de Maganja da Costa, Pebane, Nicoadala, Namacurra, Inassunge, Chinde e Quelimane foram duramente afectados levando a perda de vidas humanas, e danos avultados em infraestruturas críticas.


Auguramos que os trabalhos de reposição dos solos de encontro do aqueduto arrastados pela força das águas do rio Elege que decorrem e da reposição urgente da ponte Chuabo Dembe-Inhangome se traduzam rapidamente na breve circulação de viaturas e bens entre o Centro e Norte do País e entre Chuabo Dembe e Inhangome, no Municipio de Quelimane.


Neste momento difícil, os meus pensamentos estão com as vítimas e as suas Famílias, empresas e a sociedade no geral a quem apresento, através de Vossa Excelência, em nome dos munícipes de Quelimane e no meu próprio, a expressão da nossa profunda solidariedade. (Moz24)

42 visualizações0 comentário