Presidente do Município de Quelimane acusa Polícia de furar pneus da sua viatura


O autarca de Quelimane pela Renamo,Manuel de Araujo acusa a policia “Eles (Polícia) dispararam, furaram dois pneus da minha viatura e lançaram gás lacrimogénio a um metro de distância”, denuncia Manuel de Araújo, à VOA, em referência ao incidente registado na segunda-feira, 3, durante uma passeata dele e membros do partido Renamo, após a celebração dos Dia dos Heróis, na cidade de Quelimane, capital da província moçambicana da Zambézia.

“Nós esperamos que as entidades venham explicar o que aconteceu. E no final do dia, nosso Gabinete Jurídico vai nos aconselhar o que fazer”, diz Araújo que considera a ação uma tentativa premeditada de intimidar a oposição.

Para Araújo, a ação da polícia reflete uma onda de intimidação que agravou na altura das eleições de 15 de Outubro, com o reforço do contigente policial em Quelimane.

“Há uma tentativa de criar um certo medo nos atores políticos. Mandam recados e o último que recebi dizia que o meu nome faz parte de uma lista de individuos a abater", denuncia o edil que viu a casa da sua mae incendiada e vandalizada ano passado.

Araújo afirma que “no nosso entender, parece que há uma vontade inequívoca do partido Frelimo de voltar ao monopartidarismo. E nós aconselhamos que eles façam essa proposta no parlamento, onde tem manifesta maioria”. (Moz24 com VOA)

49 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI