PR nomeia Amade Miquidade para Alto-Comissário de Moçambique no Ruanda


O Presidente da República, Filipe Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela Constituição da República, nomeou Amade Miquidade, para o cargo de Alto-Comissário da República de Moçambique junto da República do Ruanda.

Amade Miquidade foi exonerado do cargo, a 9 de Novembro corrente e, para o seu lugar foi nomeada, Arsénia Massinge, a 11 do mesmo mês. Miquidade foi um dos rostos das Forças de Defesa e Segurança (FDS) que entre várias tarefas, tinha a dura missão de pacificar o país tendo como foco o teatro operacional norte, onde ocorrem há 3 anos, actos de terrorismo e extremismo violento. Miquidade vai representar Moçambique num país com forte intervenção militar em Cabo Delgado, o Ruanda, onde o antigo ministro, juntamente com o seu homólogo da Defesa Nacional, tive oportunidade de interagir com as tropas ruandesas.

Amade Miquidade foi deputado na Assembleia Provincial e Popular, entre 1977 e 1986. Trabalhou como director provincial da Segurança, de 1983 a 1986. Exerceu o cargo de director nacional no Ministério da Segurança, entre 1986 e 1991. Ocupou o cargo de director-geral dos Serviços de Informação e Segurança do Estado (SISE), de 1991 a 1995. Assumiu as funções de Secretário do Conselho de Estado, de 2005 até 2020. Foi secretário-geral do Conselho Nacional de Defesa e Segurança (CNDS), entre 1995 e 2020.(X)

16 visualizações0 comentário