PR defende criação de programa específico da União Africana sobre mudanças climáticas


O Presidente da República, Filipe Nyusi, defende a criação de um programa específico da União Africana sobre mudanças climáticas em consideração aos compromissos do Acordo de Paris 2016.

Filipe Nyusi teceu este posicionamento, hoje em Maputo na cimeira virtual do Conselho de Paz e Segurança da União Africana. “No que tange a crescentes ameaças, particularmente as decorrentes das mudanças climáticas, este desrespeito pela natureza resulta num rasto de destruição com realce em países do continente africano. A título de exemplo, só no presente ano, a região austral de África, sobretudo a República de Moçambique já foi fustigada por três ciclones tropicais nomeadamente Chalane, Eloise e Guambe. Exacerbando, por isso nós Moçambique, defendemos a necessidade de um programa de acção da União Africana que tome em consideração os compromissos do Acordo de Paris Sobre as Mudanças Climáticas que constitui a convenção-quadro das Nações Unidas sobre mudança do clima medicação, adaptação e financiamento das mudanças climáticas, assinado em 2016”, disse. O Presidente da República disse ainda que no âmbito dos compromissos do Acordo de Paris, Moçambique vai acolher um Centro de Assistência Humanitária da África Austral, em Nacala, província de Nampula. (RM)

31 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI