Polícia detém e confisca material de jornalistas em Vilankulo


Dois Jornalistas da estação on-line Vilankulo Televisão (VTV) viram o seu material de trabalho confiscado, na última Sexta-feira, 12 de Junho de 2020, por uma brigada da Polícia da República de Moçambique, naquele distrito, na altura liderada pelo respectivo chefe das operações, Malotel Muchine.

O incidente, tal como apurou no local o Núcleo provincial do MISA Moçambique em Inhambane, envolveu os jornalistas Paulino Vilankulo e Yassin Vilankulo, que na altura reportavam um acidente de viação que acontecera naquele momento. Os Jornalistas foram detidos e levados por uma viatura de Marca Mahindra para o Comando Distrital, por ordens do chefe das operações, para onde foram molestados e obrigados a apagar todas as imagens e gravações que continham nos aparelhos.

Os jornalistas suspeitam que a polícia já estivesse à procura de uma oportunidade para os deter, tendo em conta que aquela televisão nunca foi bem vista pela polícia, desde que iniciou as emissões.

O patrono da VTV, Yassin Amugy, empresário local, conta que foi um momento aterrorizante para os seus colaboradores, pelo tratamento violento com que foram sujeitos. Para Amugy, que deplora o sucedido, a violência a que os seus repórteres foram submetidos teria sido evitada se o Comandante, Chefe das operações e outros membros da PRM, que conheciam a proveniência daquela equipa de jornalistas, optassem pela solicitação de possíveis esclarecimentos aos Jornalistas, caso fosse necessário. Yassin Amugy lamenta o sucedido, afirmando que sempre tratou a PRM, como entidade parceira.

O comandante distrital da PRM em Vilankulo, Carlos Nhaca, disse reconhecer o erro cometido pelos seus Homens. Contudo, minimizou o sucedido alegando que em todo processo de trabalho há falhas. No caso vertente, segundo ele, foi o que sucedeu, pedindo a compreensão da parte lesada. E negou que os agentes tenham recorrido à violência.

Face ao sucedido o MISA Moçambique condena com veemência o comportamento da PRM e pela às autoridades policiais para investigarem e responsabilizarem os autores pelos maus tratos, confiscação e destruição dos materiais jornalísticos em causa.

60 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI