PGR acusou 340 casos de corrupção no primeiro semestre


A Procuradoria-Geral da República (PGR) acusou 340 casos de corrupção nos primeiros seis meses de 2020, mais de metade dos processos de todo o ano passado, traduzindo a tendência crescente deste fenómeno no país.

O porta-voz do Gabinete Central de Combate à Corrupção, Cristóvão Mondlane, admite que este crescimento é real e coloca desafios à Procuradoria-Geral da República, que em 2015 acusou 437 processos.

O mesmo avançou que em 2016 “subimos para 493, em 2017 para 695, em 2018 para 761, em 2019 para 764, e apenas no primeiro semestre do presente ano acusámos 340″.

“Isto mostra que em cada ano que passa, infelizmente, nós estamos a subir, relativamente aos processos acusados relacionados com a corrupção”, enfatizou o porta-voz do Gabinete Central de Combate à Corrupção. A combate a corrupção é um desafio enorme na sociedade conteporranea, pois ela é endemica e sistemica. (Moz24h)

26 visualizações0 comentário