‘País vai continuar a mobilizar apoios financeiros e materiais para combater o terrorismo’ -PR


O Presidente da República reitera que o país vai continuar a mobilizar apoios financeiros e materiais, para tornar sustentável a luta contra o terrorismo, cuja manifestação iniciou em 2017, no norte da província de Cabo delgado.

É uma posição expressa por Filipe Nyusi, na conferência de imprensa que marcou o fim da Cimeira de chefes de estado e de governo, que decorreu este fim-de-semana em Adis Abeba, a capital etíope, a sede da União Africana. Dados oficiais indicam que de 2017 a esta parte, mais de 2.500 pessoas morreram e 850 mil estão na condição de deslocadas, na sequência das acções terroristas. A par do terrorismo, a covid-19 representa também uma ameaça para os estados membros da União africana, que durante a Cimeira dedicaram tempo para a avaliação dos progressos alcançados na vacinação. Neste capítulo, Moçambique registou avanços na busca do índice de imunidade, recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). (RM)

30 visualizações0 comentário