• estaciosvaloi

O jornalista José Nhame condenado á prisão por calúnia e difamação, vai recorrer da sentença



Por Nazira Suleimane

Segundo a DW, o jornalista moçambicano José Nhame vai recorrer da sentença que o condenou à prisão por difamação e calúnia. Nhane garante que não se vai deixar intimidar e continuará a divulgar casos de corrupção e má gestão. De acordo com a DW, José Nhane, foi foi condenado no dia 23 de Janeiro do ano em curso à um ano e dois meses de prisão e uma umamulta de 65.000mts. Para além de custos processuais, o julgado tem dois processos simultâneo. Por difamar o edil da autarquia de Dondo Manuel Chaparica, o processo movido contra ele pela ex-administradora Graça Coreia no qual foi absolvido . O jornalista Nhane é colaborador do semanário Zambeze, publicado na província de Sofala. Segundo a fonte, Jose Nhane denunciou casos de corrupção numa reportagem que mais tarde foi compartilhada por vários grupos na plataforma Whatsapp, até chegar aos queixosos. Segundo DW, Manuel Chaparica considera que a pena, apesar de justa, não salva a sua reputação: "Atendendo o tempo de desgaste, a pena devia ser a cima daquilo que se prevê". Chaparica considera a pena justa, mas continua a achar que a sua reputação na sociedade foi manchada: "Eu penso que a minha imagem está degradada e precisa de reposição," disse. Segundo a fonte, jornalista sentiu-se injustiçado: "Para mim não houve justiça.O tribunal deu primazia ao edil por ser presidente. Afinal a justiça é feita a favor dos dirigentes?”Algumas das minhas fontes anônimas são funcionários do Conselho Municipal de Dondo. Não custava nada o Ministério Público ouvir os funcionários. "Sinto-me ameaçado, mas não vou desistir, não vou parar aqui”,  Embora  se sinta-se intimidado,  o jornalista Nhane garante que não vai parar de denunciar casos de má gestão e corrupção. (Moz24h)

117 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI