Nyusi quer Moçambique no Conselho de Segurança das Nações Unidas




O Presidente da República, Filipe Nyusi, procedeu, ontem, 16, ao lançamento oficial da campanha de candidatura de Moçambique a membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas para o mandato 2023/2025.

O lançamento da campanha de candidatura de Moçambique segue-se a uma decisão nesse sentido tomada há cerca de um ano pelo executivo de Maputo.

A candidatura, que conta já com o apoio garantido da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral e da União Africana, é lançada numa altura de muitos desafios para Moçambique, que sofre ataques terroristas, no norte do país, e da auto-proclamada junta militar da Renamo, no centro.

Na ocasião, Nyusi disse que espera que todos possam apoiar os esforços de pacificação do país. As eleições para o Conselho de Segurança da Nações Unidas terão lugar numa Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, em Junho de 2022. (VOA)

16 visualizações0 comentário