No Dia de África, Nyusi preocupado com o aumento de casos de coronavirus no país e no continente


O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, endereçou ontem uma mensagem pela passagem dos 57 anos da União Africana, que se celebra sob o lema “Silenciar as armas criando condições favoráveis para o desenvolvimento de África”.

Falando a propósito do Dia de África e dos 57 anos que se assinalou esta segunda-feira, o Presidente da República manifestou, ontem, a sua preocupação com o aumento de casos positivos no país e no continente africano e considera que a resposta depende de acçoes coordenedas entre os estados  da Uniao Africana. Segundo o Presidente Nyusi, a subida dos casos mostra a necessidade da observância das medidas do estado de emergência, devido ao risco eminente de transmissões comunitárias. “Acreditamos que é na abordagem coordenada dentro da União Africana onde poderemos conseguir a melhor resposta e a mais eficaz para a recuperação económica e um melhor investimento em saúde”, afirmou. Por outro lado, o estadista anotou que Moçambique deverá assumir a presidência rotativa da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral e se propõe a tudo fazer para que a região seja politicamente estável.     Para o Chefe do Estado, ao assumir a Presidência rotativa, Moçambique deverá promover soluções que fomentem o crescimento económico e emprego para garantir o desenvolvimento da região e do continente. (Moz24h)

45 visualizações0 comentário