Moçambique: Vale vende mina de carvão em Moatize



A mineradora Vale anunciou que chegou a acordo com a Vulcan Minerals, subsidiária do grupo indiano Jindal. O negócio está orçado em 270 milhões de dólares.


A mineradora Vale divulgou em comunicado que, para tentar cumprir os objetivos de não possuir ativos de carvão, anunciados no início de 2021, celebrou um acordo vinculante com a Vulcan Minerals para a venda da mina de carvão em Moatize, na província de Tete, e o corredor logístico de Nacala.


O negócio é orçado pela empresa em 270 milhões de dólares (239 milhões de euros, no câmbio atual), sendo 80 milhões entregues no momento da conclusão da transação e os restantes 190 milhões até essa altura. O acordo está sujeito à aprovação do Ministério de Recursos Minerais e Energia e do Governo moçambicano.


Para a empresa, "estes investimentos representam um legado relevante para os países e são um importante vetor para o desenvolvimento local". Segundo Eduardo Bartolomeo, CEO da Vale, esta transação "é mais uma conquista do compromisso de reshape da empresa". (DW)

74 visualizações0 comentário