Moçambique nos cinco melhores da sua série no campeonato mundial de todo-o-terreno na Espanha



O piloto moçambicano Paulo Oliveira classificou-se entre os cinco (5) melhores da sua classe, no Rally de todo-o-terreno, Baja de Aragon, que decorreu de 22 a 24 de Julho em curso, em Teruel, na Espanha. Numa competição onde participaram 78 pilotos de reconhecido mérito no desporto motorizado, na Geral, o nosso país ficou entre os 17 primeiros concorrentes.


“Foi uma corrida difícil, talvez a Baja com mais dificuldades que fiz até ao momento. Muita pedra, pó e muito calor. No primeiro dia da corrida, tivemos uma avaria no sistema de travões da mota, o que me obrigou a fazer a especial de 180 Km com muito cuidado, com o objectivo de chegar ao parque fechado, para arranjar a mota, e assim continuar em prova no segundo dia”, referiu Oliveira sobre a desafiante participação no Rally da Espanha.


Apesar dos resultados alcançados não terem sido os desejados, Paulo Oliveira anotou que um dos objectivos nesta participação era de experimentar a sua nova mota, KTM RALLY 450, e que as sensações foram fantásticas. Recordar que é com esta mota que o piloto moçambicano irá concorrer no grande Rally Dakar, a ter lugar na Arábia Saudita, em 2022.


“A experiência desta corrida, ao lado de grandes pilotos mundiais, foi muito interessante. Foi uma corrida de 896 km, em três dias, um excelente treino para o nosso grande objectivo, que é marcar presença no Rally Dakar 2022”, disse emocionado o piloto, depois de participar na dura competição na Espanha.



Oliveira diz que as pontuações que tem vindo a alcançar são fruto de muito trabalho e dedicação, apesar da difícil logística, por conta das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o que reduz o nível dos treinos. “Muitas corridas estão canceladas no mundo”, lamentou.


A participação do piloto moçambicano na Espanha contou com o patrocínio do Access Bank, Grupo Salvador Caetano, Intelec Holdings, Cine Group, Hotel Polana, Agência de Viagens Cotur, Trassus, Motul e Inatur, para além do apoio da Secretaria do Estado do Desporto. (Moz24h)

42 visualizações0 comentário