Moçambique no campeonato mundial de todo-o-terreno em motorizada na Espanha



Moçambique irá participar, de 22 a 24 de Julho em curso, na mítica prova do campeonato do mundo de todo-o-terreno, Baja da Aragon, a ter lugar em Teruel, na Espanha, com um total de 896 quilómetros.

O piloto moçambicano Paulo Oliveira, com larga experiência no desporto motorizado, fruto da sua participação em diferentes provas de rally todo-o-terreno, em países como Marrocos, Jordânia, Portugal, entre outros, é o representante de Moçambique na prova.

À semelhança das anteriores competições, esta é uma corrida desafiante, que irá contar com a presença de grandes pilotos de todo o mundo, mas o piloto moçambicano está confiante e entra nesta prova com a esperança de fazer uma boa pontuação para a grande final do Campeonato do Mundo de Bajas, a ter lugar em Outubro, na Baja Portalegre, em Portugal.

As suas conquistas nas corridas todo-o-terreno são elementos de inspiração que levará para a Baja da Espanha, de onde quer trazer uma boa pontuação. Aliás, em Outubro do ano passado, 2020, Oliveira elevou a bandeira moçambicana, ao qualificar-se para o Rally Dakar, nas provas de classificação do “Andalucia Rally”, da Espanha, o que lhe confere grande optimismo na Baja da Aragon.


“Tenho boas recordações das pistas da Espanha. Basta lembrar que, em 2020, Moçambique deu um salto na história do desporto motorizado todo-o-terreno, ao qualificar-se, pela primeira vez, para o Rally Dakar 2022. Este é sem dúvida um elemento inspirador e queremos aproveitar ao máximo a pontuação nesta Baja da Aragon, que servirá de treino para o Dakar”, destacou Paulo Oliveira, cada vez mais optimista num bom resultado.

Para Oliveira, esta prova irá servir, também, para experimentar a sua nova mota, com a qual irá participar no tão esperado Rally Dakar, na Arábia Saudita, em 2022.

Por ser o único moçambicano no Campeonato de Bajas, Paulo Oliveira diz que isso aumenta a sua responsabilidade. “O peso da responsabilidade é elevado, mas é um orgulho muito grande elevar a nossa bandeira e terminar cada corrida com o apoio e carinho dos nossos compatriotas. O que antes era sonho de Paulo Oliveira, hoje, posso dizer que é sonho de todos os moçambicanos, é um prazer enorme para mim”, sublinhou.

A participação do piloto moçambicano na Espanha conta com o patrocínio do Access Bank, Grupo Salvador Caetano, Intelec Holdings, Cine Group, Hotel Polana, Agência de Viagens Cotur, Trassus, Motul e Inatur, para além do apoio da Secretaria do Estado do Desporto.(Moz24h)

42 visualizações0 comentário