Moçambique e Malawi acordam usar o Porto de Nacala para tráfego de mercadorias


A Empresa Nacala logistics, concessionária da infra-estrutura ferroviária do Corredor de Nacala, vai disponibilizar seiscentos vagões e respectivas locomotivas para viabilizar o transporte de cargas de fertilizantes que Malawi pretende importar nos próximos três meses.

 O anúncio da disponibilidade destes meios foi feito esta quinta-feira, pelo PCA da NACALA LOGISTIC, Welington Soares, no final da visita conjunta ao porto de Nacala -Velha, dos Ministros dos Transportes e Obras Públicas do Malawi, Mohammed Sidik Mia, e dos transportes e comunicações de Moçambique Janfar Abdulai. O ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique, Janfar Abdulai, fez saber que são perto de 80 mil toneladas de fertilizantes a serem importadas para Malawi, através do Porto de Nacala e a preocupação deste país, prende – se com a capacidade e segurança dos antigos vagões de comboios em fazer chegar ao destino seus produtos. Já o ministro dos transportes e Obras públicas do Malawi, Mohammed Sidik Mia, disse ficar impressionado com a abertura de Moçambique para solução das preocupações do seu país. (RM)

24 visualizações0 comentário