Moçambicano consome apenas 1 ovo por mês









A GAIN – Global Alliance for Improved Nutrition, em parceria com a CTA – Confederação das Associações Económicas de Moçambique realizam, hoje dia 15 de Novembro de 2019, no Radisson Blu Hotel - Maputo, , uma mesa-redonda com a finalidade de abordar as iniciativas para promoção do consumo de ovos em Moçambique”.

Em média, cada Moçambicano consome apenas 1 ovo por mês, ou seja, apenas 12 ovos por ano. Destes, somente 4 ovos são localmente produzidos. Em comparação, o Zimbábue tem um consumo de 42 ovos por pessoa, por ano e a África do Sul está mais acima, com cerca de 150 ovos por pessoa, por ano.

Segundo o Plano Nacional de Investimento do Sector Agrário (PNISA), um instrumento de implementação do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Sector Agrário (PEDSA), para se atingir a autossuficiência em ovos, Moçambique precisa estar a produzir em 2019, cerca de 22 milhões de dúzias de ovos. Em 2018, Moçambique produziu 15.6 milhões de dúzias de ovos, representando um défice de 29% em relação às necessidades.

Para contribuir para o aumento da demanda por ovos e, consequentemente, estimular a oferta deste produto, está em curso o desenvolvimento duma estratégia para o aumento do consumo de ovos no país, uma iniciativa implementada pela GAIN, em parceria com a CTA.(Redação)

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI