Ministério da Defesa de Moçambique confirma ataques em Palma, mas sem vítimas


O Ministério da Defesa Nacional de Moçambique confirmou nesta quinta-feira, 25, a ocorrência de ataques armados de grupos terroristas à vila de Palma, onde se localiza a base logística das operações de gás natural da bacia do Rovuma.

De acordo com o coronel Omar Saranga, que falava numa conferência de imprensa em Maputo, sem direito a perguntas, o ataque registou-se no final da tarde desta de ontem e “até ao momento” da comunicação, “não havia dados sobre qualquer vítima mortal” apenas a fuga e dispersão da população à procura de abrigo nas matas.

"As Forças de Defesa e Segurança estão a perseguir o movimento do inimigo e trabalham incansavelmente para restabelecer a segurança e a ordem com a maior rapidez”, acrescentou porta-voz do Ministério da Defesa moçambicano.

A ofensiva terrorista acontece um dia depois do Governo e a multinacional francesa Total, operadora de um dos maiores projectos sem implantação em Palma, terem anunciado para Abril, a retoma das obras, paralisadas há três meses, por causa da insegurança.

Como a VOA noticiou ontem, dezenas de pessoas estavam em fuga durante a tarde depois dos atacantes terem entrado no cruzamento de Pundanhar, Manguna, via Nhica do Rovuma e aeródromo. (VoA)

106 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI