MDM marca congresso para escolher próximo líder em Dezembro


O Movimento Democrático de Moçambique marcou o seu próximo congresso para dezembro, entre dias 3 e 5, e um dos principais objetivos é eleger o novo presidente do partido. O sucessor de Daviz Simango, que perdeu a vida em fevereiro, deverá reunir alguns requisitos específicos e o seu perfil está ainda a ser desenhado.

A decisão saiu da Reunião do Conselho Nacional do Movimento Democrático de Mocambique MDM , que durou apenas um dia, contrariamente aos dois dias incialmente previstos e as datas foram anunciadas pelo porta voz do partido, Sande Carmona.

"O congresso foi marcado para o próximo mês de Dezembro nos dias 3, 4 e 5 a realizar se na cidade da Beira. A comissão politica nacional irá criar uma comissão de trabalho para a organização do próximo congresso", disse Sande Carmona.

O perfil do candidato a presidente do MDM, em sucessão a Daviz Simango, falecido em Fevereiro, ainda não é conhecido.

"Chegado o momento, quando cada membro se sentir na posição de reunir o perfil que vai ser desenhado pela comissão política poderá colocar a sua candidatura e quiça, ser eleito para dirigir os destinos do Movimento Democrático de Mocambique", afirmou o porta-voz do partido.

O Conselho Nacional decidiu, por outro lado, que até a eleição do novo presidente, o MDM, criado em 2009, será dirigido pelo seu secretário-geral, José Domingos. (RFI)

8 visualizações0 comentário