Maputo terá escritório de segurança marítima para combater o tráfico de drogas


Projecto tem já orçamento e será materializado este ano.


A cidade de Maputo terá um escritório responsável pela segurança maritima, numa iniciativa conjunta de Moçambique, África do Sul e Tanzânia, com apoio técnico das Nações Unidas, escreve o portal Club of Mozambique. O referido escritório vai reforçar o patrulhamento e a segurança maritima no Oceano Índico, incluindo o Canal de Moçambique, tido como uma das rotas de tráfico de droga do Afeganistão para o hemisfério norte.

César Guedes, representante do Escritório das Nações sobre Drogas e Crime (UNODC) em Maputo, disse que para a materialização da iniciativa foram criadas condições, que incluem “orçamento dedicado” e este 2021 é o ano decisivo.

O novo escritório resulta da cooperação entre os três países da África Austral na área de segurança maritima, contando com o apoio financeiro dos Estados Unidos, França, Alemanha e União Europeia.

O escritório de Maputo irá lidar com questões estratégicas, recolha de informação e intercâmbio entre as marinhas dos três países, que terão especialistas a trabalhar com quadros do UNODC. (VoA)

68 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI