Média das pesquisas nacionais mostra Joe Biden com vantagem nas eleições americanas


Vale lembrar que o que importa para a vitória é o desempenho em cada estado. E se olhar para a média das pesquisas dos estados-chave, a história é muito mais complicada.


Nesta terça (3), os Estados Unidos decidem se o presidente Donald Trump fica mais quatro anos na Casa Branca ou se o adversário Joe Biden se tornará o novo presidente americano.

A média das pesquisas nacionais mostra Joe Biden com 6,7 pontos percentuais de vantagem, mas vale lembrar que o que importa para a vitória é o desempenho em cada estado. E se olhar para a média das pesquisas dos estados-chave, a história é muito mais complicada. Em alguns, como Wisconsin e Michigan, Biden tem uma liderança confortável. Mas na Pensilvânia, a vantagem de Biden é pequena e está diminuindo. É por isso que as duas campanhas estão lá nessa reta final. Já na Flórida, outro estado fundamental, Biden e Trump estão tecnicamente empatados. Trump venceu em todos esses estados em 2016. Mas em 2020 não dá nem para prever se haverá um vencedor claro nesta terça, dia oficial da eleição. O que está claro é a tensão entre os americanos. Na capital, a Casa Branca está completamente cercada por grades, e nos arredores há lojas e edifícios com tapumes. O mesmo acontece em outras cidades, como Nova York, Boston e Los Angeles. Os comerciantes temem que haja protestos e vandalismo caso o resultado da votação seja questionado. Quem quer que vença vai ter um grande desafio para apaziguar os ânimos e unificar o país. (Globo)

44 visualizações0 comentário