"Jihadistas" expandem ataques para a província de Nampula




Depois de Cabo Delgado e Niassa, agora foi em Nampula que se fez sentir a presença de grupos extremistas. Na noite de sábado, foram atacados dois bairros no distrito de Eráti. De acordo com fonte local, “queimaram o hospital, uma escola, três barracas, casas simples e duas igrejas”.

O administrador do distrito de Eráti, Manuel Manussa, confirmou o ataque terrorista a dois bairros e dirigiu-se à população para deixar garantias: “O governo está a trabalhar no sentido de vocês regressarem para Kutua, para Odinepa, ali de onde vocês vieram, dentro de poucos dias.”

Para já, o administrador de Eráti descreve uma situação de calma, mas não avança números de quantos são os deslocados provocados pelo ataque terrorista da noite de sábado, no distrito de Eráti, na província de Nampula, no norte de Moçambique. (RFI)

132 visualizações0 comentário