Insurgentes em Cabo Delgado são afiliados do Estado Islâmico, diz chefe do contraterrorismo dos EUA


O grupo insurgente que actua no norte de Moçambique é um afiliado "comprometido" do Estado Islâmico e deve ser visto como uma questão de terrorismo global, disse o coordenador de contraterrorismo dos EUA, embaixador Nathan sales.

"O que estamos a ver hoje é uma afiliada comprometida do ISIS que abraça a ideologia do ISIS, que abraça as táticas e procedimentos do ISIS e abraça a visão do ISIS de um califado com controlo territorial," disse Sales ontem numa conferencia virtual assistida pelo Moz24h.

"Os Estados Unidos querem ser o parceiro de segurança privilegiado de Moçambique", disse Sales, nesta terça-feira, 8, a jornalistas, após visitar Moçambique e a África do Sul, na semana passada.

O coordenador de contraterrorismo dos Estados Unidos reiterou nesta terça-feira, 8, que Washington quer ser o parceiro priveligiado de Moçambique para derrotar os terroristas em Cabo Delgado, através de iniciativas de foro civil no reforço da ordem e da aplicação da lei.

Numa conferência de imprensa por telefone, depois de ter estado em Maputo na semana passada, onde se reuniu com o Presidente Filipe Nyusi, Nathan Sales reiterou a oferta dos Estados Unidos e disse que “a forma [eficaz] de lutar contra o terrorismo não é mandar mercenários" para o combate, "saqueando recursos naturais". (Moz24h)

97 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI