Insurgentes atacam militares em Mbau e IS reinvendica a autoria


Por Nazira Suleimane


Mais um ataque protagonizado pelos insurgentes na provincia de Cabo Delgado, mas desta vez na aldeia de Mbáu distrito de Mocimboa da Praia.

Segundo fontes seguras, ouvidas pelo Moz24h, Mbau foi atacado pelos homens que causam terror na provincia de Cabo Delgado desde 2017, e este foi um ataque massivo, porque ate então os militares e seus chefes não sabem de certo o que terá aclntecido e como foi possivel um ataque daquela natureza. "Eles tomaram tudo, queimaram tudo o que tinhamos, não estavamos a esoera deste nivel que eles atingiram e aqui em Mueda estamos a receber muitos corpos dos nossos militares, ate então nais de 15" disse a fonte militar baseada em Mueda a uma entrevista ao Moz24h no dia 22 de Janeiro do ano em curso por volta das 23h.

É de salientar que, este ataque aconteceu numa altura em  que 300 jovens militares estudantes da Escola de Sargentos das Forças Armadas de Boane, ESFA, que foram defender a sua formação naquela zona. A fonte revela, que os jovens sargentos sobreviventes encontram-se em panico e assustado com este incidente.

" Tudo começou no dia 22 de Janeiro do ano em curso, no periodo da noite mas sem sucesso os insurgentes não puderão atacar. Mas voltaram ontem, dia 23, pelas 8h e nos atacaram, nós já estavamos distribuidoas para as nossas tarefas e outros já nao estavam na base, perdemos muita coisa, porque eles queimaram tudo e ja haviam tomado posições". Disse a fonte.

Por sua vez, o Estado Islamo em seus sites oficiais, vem publicando varias reinvindicações sobre este ataque. IS alega que seus combatentes "voltaram em segurança depois de usarem diferentes tipos de armas" em ataques coordenados a quarteis Militares na aldeia de Mbau.

Na mesma publicação, IS alega ter matado 22 soldados da FADM e ferido outros em ataque a quarteis militares  na área de Mbau, distrito de Mocimboa da Praia, provincia de Cabo Delgado.

As reivindicações nas suas publicações oficiais do IS/bocal-AMAQ e NASHIR. 

É de recordar que, Mbau é uma das aldeias do distrito de Mocimboa da Praia provincia de Cabo Delgado, onde a população decidiu abandonar o local apóis  ataques consecutivos de 2019 passado, tendo como destino a vila-sede e a cidade de Pemba.

Estes ataques iniciaram no mês de Outubro de 2017, e até então acaminho de 3 anos que a provincia vem vivendo este terror. (Moz24h)

1,005 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI