INGD no Niassa não vai assistir famílias que regressam às zonas de risco



O Instituto Nacional de Gestão e Redução de Risco de Desastres (INGD), no Niassa, adverte que não vai dar nenhum apoio as famílias que retornaram as áreas de riscos a inundações em Cuamba e Mecanhelas, caso sejam afectadas por calamidades nesta época chuvosa.


Trata-se das famílias que após a atribuição de terrenos para a habitação nas zonas altas, retornaram as margens dos rios Muanda e Namutimbwa em Cuamba e do Lago Chirua em Mecanhelas.

Em Mecanhelas, estão disponíveis Duzentos Setenta e seis talhões, mas há resistência de as famílias ocuparem os mesmos e em Cuamba parte das famílias reassentadas no bairro Njato, retornou as zonas propensas as inundações.

Na sequência, o Delegado do Instituto Nacional de Gestão e Redução de Risco de Desastres no Niassa, Friday Taibo, vincou que não haverá apoios para essas famílias, caso sejam afectadas pelas inundações.

No Distrito de Cuamba prevê-se que Quatro mil pessoas sejam afectadas pelas inundações e em Mecanhelas decorre o levantamento do número das pessoas na eminência de serem afectadas. (RM)

41 visualizações0 comentário