Homens armados vandalizaram e saqueiaram Centro de Saúde de Chipindaúmue, em Gondola


Cinco homens armados supostamente pertencentes a auto-proclamada Junta Militar da Renamo vandalizaram e saquearam na madrugada desta terça-feira o Centro de Saúde de Chipindaúmue, no distrito de Gondola, província de Manica, roubando medicamentos essenciais, incluindo anti-retrovirais.

O medicamento roubado foi embrulhado em lençois. Os supostos membros da Junta Militar da Renamo arrombaram a porta da farmácia depois de acordar as três enfermeiras afectas à unidade sanitária e ordenaram que abrissem a porta principal que dá acesso a todos os compartimentos. Belmira Luís, uma das enfermeiras do centro de saúde de Chipindaúmue disse que quando os homens armados chegaram na residência bateram a porta. “ Ordenaram que não podem gritar, somos nós, só queremos medicamento, não queremos matar a ninguém”, disse. O chefe do Centro de Saúde, Aurélio Munchamano, disse que os homens armados vandalizaram as residências e neste momento se vive um ambiente de medo. (RM Manica)

85 visualizações0 comentário