Helena Taipo do PAMOMO para FRELIMO e a “guerra contra os macuas”

A quando do decursso do IX Congresso da Frelimo, que decorreu de 10 a 14 de novembro de 2009 no bairro Brandão, em Quelimane, capital da Zambézia, Helena Taipo que militava na Frelimo desde 2005, viu a sua candidatura a membro do Comité Central (CC) “chumbada” por falta de requisitos. O Moz24 foi revisitar essa estória!

A decisão do “chumbo” da candidatura de Taipo, à epóca dos factos, foi tomada pelo comité de verificação de candidaturas. Chefiava esse comité que escrutinou os registos criminais dos candidatos, o piloto aviador Almerino Manheje, o antigo super-ministro de Joaquim Chissano que acabou por cair na desgraça no reinado de Guebuza. Para se ser membro do CC as directivas demadavam pelo menos cinco anos de filiação partidária e Taipo só tinha apenas quatro anos de militância.

Entretanto, constava do “CV” de Taipo o facto de ela ter militado antes o Partido para a Reconciliação de Moçambique (PAMOMO) então liderado pelo advogado José Albano Maiopue. Mas ela já era ministra do Trabalho desde o inicio do consulado de Armando Guebuza em 2004. Maiopue, algo estupefacto com o “chumbo” de Taipo, confirmado a militância de Helena Taipo desse defunto partido político comentou nos seguintes termos a decisão: “isso foi há bastante tempo. O que se passa é que a Frelimo está a combater os macuas”.

Breve CV de Maria Helena Taipo

Maria Helena Taipo, nasceu a 12 de Agosto de 1961, na aldeia de Chuhulo, vila de Malema, província de Nampula. Frequentou o ensino primário, tendo em 1979 terminado o secundário. Depois frequentou na cidade de Nampula a faculdade de educação e comunicação da Universidade Católica de Moçambique, pela qual concluiu o bacharelato em ciências de educação em 2002. Fez o mestrado em direcção educacional em 2004. Helena foi directora provincial do trabalho em Nampula. A sua nomeação para o cargo de ministra do Trabalho em 2005, constituiu surpresa para alguns sectores da opinião pública. As referências do trabalho realizado em Nampula e o lobbie Macua, terão contribuído para a sua nomeação. Dai teve ascensào meteorica, chegando a almejada membro do CC, nomeada governadora de Sofala e depois para embaixadora de Moçambique em Angola. Professa a religião cristã. É casada e mãe de três filhos. Nos próximos dias vai responder por crimes de corrupção, peculato, abuso de cargo entre outros. Está é apenas uma pequena fotografia de Helena Taipo. (Moz24h)


36 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI