Guerra terrorista em Moçambique na Cimeira da troika da SADC


O Presidente Emmerson Mnangagwa do Zimbabué na sua qualidade de presidente do Órgão de Política, Defesa e Segurança da SADC acolhe esta terça-feira uma reunião extraordinária de um dia a ser realizada na capital zimbabueana Harare

Segundo comunicado de imprensa enviado ao Moz24h emitido pelo Ministério do comércio e negócios estrangeiros nesta cimeira da troika espera-se que participem o presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, o presidente do Botsuana, Mokgweetsi Masisi e o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi.

Este encontro da troika tem como agenda principal a guerra terrorista em Moçambique que desde 2017 já causou mais de mil mortos, milhares de refugiados e diversas infra-estruturas destruídas,

Em uma declaração na noite de terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores observou que o principal objectivo da cúpula extraordinária é considerar a situação de segurança urgente no vizinho Moçambique após a solicitação formal desse país ao órgão regional.

Existem distúrbios em algumas partes de Moçambique, onde alguns actos horríveis foram cometidos por terroristas islâmicos.

No mês passado, Mnangagwa realizou uma reunião com Nyusi em Chimoio, Moçambique, onde os dois discutiram a situação de segurança em Cabo Delgado e partes das províncias de Manica e Sofala em Moçambique.

Na semana passada, houve relatos generalizados de que o Zimbábue havia enviado seu exército a Moçambique para ajudar a conter os distúrbios naquele país. (Moz24h)

81 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI