Generais "Dino" e "Kopelipa" proíbidos de sair de Angola


A Procuradoria Geral da República de Angola, anunciou em Luanda, que os generais Hélder Vieira Dias "Kopelipa" e Leopoldino Fragoso do Nascimento "Dino", duas figuras muito próximas do antigo Presidente José Eduardo dos Santos, foram proíbidos de se ausentar do país, no âmbito do processo-crime em curso em que ambos são arguidos.

Entre as medidas de coação decretadas pelo Ministério Público constam,ainda, o termo de identidade e residência - TIR - e a apresentação periódica perante as autoridades.

Os generais Leopoldino Nascimento "Dino", antigo chefe das comunicações e Hélder Vieira Dias Júnior "Kopelipa", ex ministro de Estado e chefe da Casa Militar do Presidente José Eduardo dos Santos, já entregaram ao Estado alguns activos e respondem por haver fortes indícios de terem beneficiado nos negócios que envolveram o Estado angolano e a empresa Fundo Internacional da China - CIF.

"Kopelipa" e "Dino" são acusados, entre outros, de peculato, branqueamento de capitais e burla, num processo relacionado com uma linha de crédito de 2,5 mil milhões de dólares concedida pelo Banco Industrial e Comercial da China a Angola, ambos são suspeitos de se apropriarem desses fundos por intermédio da empresa China International Fund - CIF, além de terem igualmente beneficiado de outros negócios no âmbito do extinto Gabinete de Reconstrução Nacional. (RFI)

13 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI