Foi lançada semana a finda a campanha denominada “ dê Esperanca a 1001 Rositas”



Com abordagem relegiosa na luta contra a violencia a Plataforma Inter-Religiosa de Comunicação para a Saúde (PIRCOM) tem como objectivo a consciencialização sociedade sobre Violência Baseada no Gênero e por Parceiro Íntimo.


Segundo o comunicado de imprensa enviado a nossa reddacao a campanha tem como base a história de Rosita Sebastião António Muchanga, activista do Projecto Mwanasana da Associação ComuSanas, assassinada pelo seu parceiro íntimo, na província de Sofala.


De forma a ser mais abrangente serão usados conteúdos técnicos sobre Violência Baseada no Gênero e por Parceiro Íntimo foram alinhados a escrituras sagradas, enfatizando desta forma a necessidade de haver uma mudança de comportamento no seio das comunidades.


Serão usadas estratégias típicas da organização, de Comunicação para Mudança Social e Comportamental, alinhadas em abordagens religiosas para trazer uma maior consciêncializacao sobre o tema e uma participação activa da rede de Líderes Religiosos das 4 comunidades religiosas mais influentes no país (Bahai, Muçulmana, Cristã e Hindu).


A PIRCOM utilizará, ainda, a sua rede nacional de líderes religiosos para mobilizar os membros das comunidades a participarem no movimento geral que visa acabar com a normalização da violência nas relações íntimas, educar casais jovens sobre o que constitui uma relação saudável, acabar com as uniões forçadas e prematuras de crianças, promover comportamentos saudáveis através do diálogo, denunciar a violência às autoridades.


Esta campanha tem como tem como principal financiador a USAID e como patrono o Ministério do Genéro e Acção Social. (Moz24h)




16 visualizações0 comentário