Filipe Nyusi pede “paciência e tolerância” na implementação da descentralização


A implementação do actual modelo de descentralização exige “paciência, tolerância e envolvimento” dos moçambicanos para o seu sucesso, de acordo com o Chefe de Estado, Filipe Nyusi.

Dirigindo-se à Nação, depois da deposição de uma coroa de flores na Praça dos Heróis Moçambicanos, por ocasião do 3 de Fevereiro, Filipe Nyusi apelou “à compreensão de todos na implementação do processo de descentralização em curso. É uma oportunidade para aproximar o povo da tomada de decisões para o desenvolvimento harmonioso de Moçambique”, assim como “reforçar a autonomia local para mais participação dos cidadãos na superação dos desafios na construção a pátria”.

Segundo Nyusi, trata-se de “uma nova realidade que deve ser sustentada com paciência, tolerância e envolvimento de todos”.

Nyusi apelou ao povo a fazer com que o quinquénio 2020-2024 seja de “mais trabalho a todos os níveis. Um quinquénio em que o aumento da produção e produtividade sejam a marca”.

“O Plano Quinquenal do Governo, que em breve será torando público, vai requere a entrega e trabalho abnegado de todos”, disse Nyusi, diante de altas individualidades, incluindo corpo diplomático acreditado em Moçambique.(Moz24h)

28 visualizações0 comentário