Filho de Mariano Matsinha ia negociar cornos de rinoceronte falsos


Afinal os cornos de rineceronte encontrados na posse de Lucílio Matsinha, filho de Mariano Matsinha, antigo ministro da Segurança do goveno de Samora Machel ,são tudo menos autênticos. Este é o entendimento da Administração Nacional de Áreas de Conservação, ANAC. Carlos Lopes representante da ANAC fez saber hoje que a peritagem feita concluiu que, “ os cornos são falso, são feitos com base me material acrílico, pele de cabrito na sua base e no interiror uma garrafa de cerveja para aliviar o pesso”. Mas os resultados da peritagem feita pelo ANAC não colocam um ponto final no assunto. Aparentemente, fontes da Polícia da República de Moçambique ligadas ao caso acreditavam que os cornos de rineceronte encontrados na posse de Lucílio ou “Lhenguela” Matsinhe como também é conhecido eram autênticos. Na altura o porta-voz da PRM a nível da cidade de Maputo, Leonel Muchina, tinha antecendes criminais ligados ao contrabando de especíes faunísticas mas também a falsificação de pedras preciosas. A ser verdade a conclusão da peritagem da ANAC, pode- se concluir que o rebento de Mariano Matsinhe, este famoso também por uma entrevista em que disse, “ na FRELIMO era norma fuzilar-se” tem uma propensão para a falsificação.

Contudo, não deixa de haver correntes de opinião que acreditam que a posição da ANAC pode ter como único objectivo livrar Lucílio Matsinhe da barras da justiça. O período eleitoral que se vive e a crescente pressão de grupos ligados a protecção de espécies protegidas, é a justificação que estas correntes de opinião encontram para matar o caso. A foto de Lucílio Matsinhe já detido tornou-se viral em muito pouco tempo e há quem aproveitou-se disso para lançar críticas ao partido Frelimo.

No entanto, ficam dúvidas se seria possível vender cornos rinoceronte falsificados. Os compradores são, grosso modo, indivíduos que entendem do assunto. ( Redacção)

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI