Ex-ministra Helena Taipo vai a julgamento indiciada de desvio de fundos


Cerca de um ano depois de sair em liberdade condicional, após dois anos de reclusão, a antiga ministra do Trabalho, Maria Helena Taipo, vai, na próxima semana, a julgamento, para responder pelo alegado envolvimento num esquema de desvio de fundos.

Taipo, que serviu como embaixadora de Moçambique em Angola, entre 2015 e 2018, é acusada de liderar um esquema que culminou com o desvio de 113 milhões de meticais do Instituto Nacional de Segurança Social.

Segundo a acusação, o esquema envolve 12 arguidos que vão sentar-se no banco dos réus, todos eles ligados ao ministério do Trabalho.

Maria Helena Taipo será mais uma de vários ministros, que estiveram no consulado de Armando Guebuza, a sentarem-se no banco dos réus, por envolvimento em crimes de corrupção. (VoA)

13 visualizações0 comentário