• estaciosvaloi

Estados Unidos reabilita Instituto Agrário de Bilibiza destruído por insurgentes


Alunos do Instituto Agrário de Bilibiza


Cerca de 300 estudantes retomaram as aulas em Chiúre CHIÚRE — Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) financiou a reabilitação do Instituto Agrário de Bilibiza, principal centro de formação em Cabo Delgado, que havia sido destruído pelos insurgentes do Estado Islâmico-Moçambique.

Uma nota da embaixada dos Estados Unidos em Maputo diz que a USAID reabilitou vários edifícios para que cerca de 300 estudantes retomassem as aulas interrompidas na sequência de um ataque terrorista em Janeiro de 2020.


“O programa Tuko Pamoja da USAID, que apoia a subsistência em Cabo Delgado, trabalhou com o instituto para concluir a reabilitação até Julho, mesmo a tempo da escola reabrir as portas a 300 estudantes que irão continuar os seus estudos”, lê-se na nota.



Por causa da insegurança causada pelos insurgentes, nos distritos a norte da província, o Instituto Agrário de Bilibiza , criado em 1982, em Quissanga, mudou-se para Chiúre, a sul.

Mais de 2.000 pessoas foram mortas e 800 mil deslocadas, desde 2017, no conflito movido pelos insurgentes naquela região do norte de Moçambique. (VOA)

77 visualizações0 comentário