Estado Islâmico reivindica últimos ataques em Cabo Delgado



Por Nazira Suleimane


O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou o ataque armado ao distrito de Muidumbe, em Cabo Delgado, relatado por militantes de guerra á Amaq TV News agency.

Segundo Amaq, o EI diz que os seus militares, “atacaram Muidumbe com sucesso, “entraram em confronto usando uma variedade de armas” e o resultado “foi a morte e o ferimento de múltiplos elementos, enquanto os que permaneceram vivos escaparam”. O EI anunciou ainda a apreensão de um veículo, armas e munições enquanto isso, o governo moçambicano continua com a teoria de  homens sem rosto e apelida-los por insurgentes desconhecidos e negando o ataque de Muidumbi..

Segundo a Lusa, um residente de Namacande disse estar na mata desde o ataque de segunda-feira, relatando que o grupo armado “queimou casas, infraestruturas, o banco, bombas de combustível e o edifício da administração”.  “Não sei se morreram pessoas porque fugi para a mata”, declarou a fonte para a Lusa.

Outros relatos ouvidos na terça-feira pela nossa equipa de reportagem, davam conta de os membros do grupo armado terem dito à população que todos deviam aderir ao islamismo, enquanto destruiam a igreja católica e levando com eles quatro pessoas.

O Moz24h, contactou o porta-voz da Polícia moçambicana em Cabo Delgado, Augusto Guta, que não confirmou nem desmentiu a informação e ném quiz falar do assunto, alegando que trata-se dum indidente a nivel central e tudo que tem haver com os ataques deve ser consultado ao comando geral embora aconteça em Cabo Delgado ele nao esta autorizado de falar do assunto.

Infelizmente, a Polícia da República de Moçambique (PRM) não realizou o habitual encontro semanal às quartas-feiras com a comunicação social e no boletim de ocorrências semanal esta quarta-feira divulgado não faz referência à situação em Cabo Delgado.

Enquanto isso, os Jihadistas Al Shabaab fazem revelações de terem feito seu dever de atacar Cabo Delgado com sucesso, de acordo com as suas declarações feitas na Amaq Tv News agency.

Cabo Delgado tem sido alvo de ataques dos bandidos armados desde 5 de Outubro de 2017, tirando vidas humanas e inocentes a sangue frio.  É de salientar que o Presidente da República ainda não se pronunciou em relação á estes últimos ataques sucedidos em Mocimboa da Praia, Quissanga  Mueda e Muidumbi.

1,026 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI