Esquema de venda de Cartas de Condução funciona no INNATER


Uma investigação levada a cabo pelo Centro de Integridade Pública, CIP, revela que “é possível comprar uma carta de condução na INNATER, ao preço de de 50 mil Meticais”. Um sofisticado esquema com vários passos e actores permite que os interessados obtenham uma Carta de Condução sem que tenham as respectivas aulas, apresentem provas de aptidão física ou façam exames. Um investigador do CIP, infiltrou-se na rede de venda ilegal de Cartas de Condução e a troco de 50 mil Meticais, conseguiu obter uma em tudo igual as obtidas por meios lícitos.O referido esquema tem como principal ponto de angariação de clientes, as Escolas de Condução onde alguns instrutores funcionam com angariadores.

Cidadãos chineses e e nigerianos são os principais clientes, deste sofisticado esquema de corrupção que segundo a investigação do CIP, movimenta qualquer coisa como 2.5 milhões Meticais mensais, o mesmo que 40 mil dólares.

Contudo, este negócio não deixa de ter conseguência mortíferas. Apartir deste esquema, indivíduos sem a devida preparação permitem-se conduzir todo o tipo de viaturas com todas as consequências daí decorrentes. Basta lembrar que em Moçambique, pelo menos 30 pessoas morrem por semana vítimas de acidente de aviação. Estes números colocam Moçambique entre os 20 países com mais mortes causadas por acidentes de aviação.

O Centro de Integridade Pública vai remeter ao Gabinete Central de Combate á Corrupção os resultados desta investigação para os devidos procedimentos legais. ( Redacção)

104 visualizações0 comentário