Erradicação do terrorismo em Cabo delgado para restituição da segurança na África Austral


Presidente do Malawi e em exercício da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), optimista quanto ao restabelecimento da paz e segurança na província de Cabo delgado, onde actua a força estado de alerta da SADC e conjunta Ruanda/Moçambique.

A erradicação do terrorismo em Cabo delgado vai, segundo Lazarus Chakwera, concorrer para a restituição da segurança na região austral de África. Falando à estação televisiva France 24, Chakwera explicou que as tropas ruandesas presentes em Moçambique não vieram substituir a missão de pacificação da SADC, mas sim complementar o trabalho. Lazarus Chakwera afirmou que Malawi sendo um país que faz fronteira com Moçambique, não está a assistir a situação de Cabo Delgado, pois há toda necessidade de juntar as forças para se encontrar uma solução conjunta. Noutros desenvolvimentos, Lazarus Chakwera, presidente do Malawi e em exercício da SADC condenou na ocasião o golpe militar de segunda-feira no Sudão, tendo sublinhado que esta "não é a forma africana" de lidar com as diferenças. Lamentou que tais golpes tenham voltado a pegar moda em algumas partes do continente. Outra preocupação demonstrada por Chakwera foi a deterioração da situação de eSwatini, tendo enfatizado que a vontade do povo deve ser respeitada. ( RM Blantyre)

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo